O professor tucanense, Osvaldo Júnior, lançará em janeiro de 2022, o livro “BNCC: Que axé ela tem?”, apresentando oito textos elaborados em uma perspectiva crítica, suscitando reflexões conjunturais em torno da ascensão da pedagogia das competências “prescrita” por agências (inter)nacionais “comprometidas” com o fenômeno educativo.

De acordo com o professor, em tempos de fake news é preciso cada vez mais fomentar o diálogo com Coordenadores Escolares, Diretores, Secretários e todos aqueles que interessam pela discussão crítica da Base Nacional Comum Curricular.

“Entendo a escrita como mecanismo de reflexão e como um elemento essencial na vida humana. Escolhi um tema que envolve também a minha condição profissional, sou professor há mais de dez anos e entendo que a gente tem que fazer uma discussão muito séria, muito crítica e muito profunda sobre a base”, ressaltou.

Osvaldo Júnior ressaltou ainda que a obra é um convite à comunidade escolar é para refletir de uma maneira mais profunda sobre esse tema que vem que faz parte do nosso vocabulário.

“Quem é professor, quem está na escola, quem lida com a educação, vai escutar em algum momento alguém ou até mesmo algum aluno falar sobre a Base Nacional Comum Curricular. Então é uma discussão crítica no sentido comum em discutir currículo nessa fase educacional brasileira”, disse.

Publicado pela editora Cogito, a obra é indicada para professores, estudantes dos cursos de licenciatura, pesquisadores da área de políticas educacionais e demais sujeitos interessados na temática da Base Nacional Comum Curricular.

BNCC

No livro contém o prefácio do pesquisador e mentor de um programa socioemocional, Professor Dr. Eduardo Calbucci. Já a orelha foi tecida pela ex-secretária de educação do município de Ribeira do Pombal, Professora Maria Raimunda Gomes, e a apresentação foi composta pela ProfessoraMaria Conceição Pimentel, tucanense responsável pelo monitoramento de diversas políticas no campo educacional.

O AUTOR

Osvaldo Júnior é docente efetivo da Rede Estadual de Educação da Bahia e colunista do site Retratos e Fatos.

Além de participar de diversas coletâneas literárias, também é autor de duas obras de crônicas: Fragmentos sinestésicos (Mondrongo, 2018) e An…danças: facetas cotidianas (Cogito, 2019).

Na Bienal do Livro de São Paulo, em julho de 2022, lançará “Eu não posso ler seu livro”, além de outra coletânea tecida com outros(as) autores(as) de diversos locais do Brasil.

A obra poderá ser adquirida no Amazon ou em contato com o próprio autor (75 99171 6867 ou osvaldointelectual@hotmail.com).

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *