A primeira regulação via transporte aéreo de uma paciente tucanense diagnosticada com Covid-19 foi realizada na manhã de hoje (17). A senhora Raimunda da Silva Justiniano, 82 anos, estava internada na UPA especializada na doença, em Caldas do Jorro, desde o dia 15 de março. Somente nesta quarta-feira a unidade de saúde conseguiu viabilizar a transferência para um hospital de Seabra, na região da Chapada Diamantina.

A paciente foi encaminhada para a cidade de Cipó em uma ambulância UTI de Tucano e de lá seguiu para o destino final de avião. O transporte aéreo foi disponibilizado pelo Governo do Estado, considerando que o sistema terrestre está sobrecarregado e não tem sido possível atender ao número de solicitações.

De acordo com a Coordenadora de Enfermagem da UPA Covid-19, Joselia Moura Dantas, a situação da unidade – que tem a função de estabilizar o quadro dos pacientes e transferi-los para outros hospitais no estado – é preocupante. “Estamos com ocupação máxima em nossos leitos UTI UPA Covid-19. Há pacientes em estado grave que aguardam por regulação há sete dias, e não param de chegar novos casos”, revela.

Recentemente, o prefeito Ricardo Maia Filho anunciou a ampliação do número de leitos com recursos de UTI dedicados aos pacientes com Covid-19, na UPA de Caldas do Jorro. “Ontem (16), começamos a receber os equipamentos para que mais pacientes em estado grave possam ser atendidos brevemente. Conseguimos entrar no Consórcio Público para que o município possa adquirir suas próprias doses de vacinas e temos ampliado o público contemplado. Estamos buscando todas as estratégias possíveis”, ratifica.

O prefeito chama à atenção quanto à coletividade desejada para o momento de luta contra o Coronavírus. “O município está se mobilizando de todas as formas, mas só com a força de todos conseguiremos salvar mais vidas e retomar as atividades econômicas com mais intensidade”, completa.

Controle da pandemia

O município tem adotado uma série de medidas restritivas para tentar controlar a disseminação do vírus. Além do toque de recolher estadual, vigente até o dia 01 de abril, Tucano está com rigorosos protocolos sanitários instituídos para que comércios, academias e demais estabelecimentos possam funcionar durante a semana. No entanto, segundo o último decreto publicado, o expediente dos serviços não essenciais deverá ser suspenso nos próximos sábado (20) e domingo (21).

Para a Secretária de Saúde, Denise Correia, o município requer participação ativa da população para melhoria do cenário. “Reforçamos e intensificamos a fiscalização para garantir o cumprimento dos protocolos sanitários. Ainda assim, é fundamental que a população entenda a gravidade da situação e não deixe de usar máscara, higienizar as mãos devidamente e manter o distanciamento social”, enfatiza.

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *