Em linhas gerais, comunicar é o ato de transmitir e compreender uma mensagem, seja de modo verbal ou não verbal. Ela acontece de diferentes formas, sob diferentes ângulos, e é de tal importância que por meio dela evoluímos enquanto agentes da convivência em sociedade ao longo da história. O fenômeno da comunicação possibilita que conheçamos outras culturas, outras perspectivas de vida e que avancemos na construção de um futuro melhor.

Quando pensamos na Comunicação Social – cujo dia internacional é celebrado hoje, 31 de maio – pensamos em ferramentas que nos ajudam a alcançar um número expressivo de pessoas. Rádio, televisão e internet têm sido recursos bastante utilizados quando se trata da veiculação de informações em grande escala. Contudo, outros mecanismos também são significativos para reforçar a propagação da mensagem.

“Mesmo em um contexto social de grande avanço tecnológico, ainda percebemos lacunas quanto ao acesso aos principais veículos em locais mais remotos. Aqui no município, por exemplo, o rádio tem boa capilaridade, mas interlocutores que atuam pessoalmente nas comunidades disseminando informações também são importantes, assim como os carros de som” explica o Secretário de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Cultura, Thiago Nascimento.

O gestor, responsável pelas ações de Comunicação da prefeitura de Tucano, enfatiza que, entre tantas formas de se fazer chegar a informação, o mais importante é que ela seja compreendida para que o objetivo da comunicação seja cumprido. “Explorar recursos visuais também é fundamental no momento de passar uma mensagem. A comunicação inclusiva precisa ser fortalecida, para além da textual e audiovisual”, pontua.

Curso de libras

Recentemente, a prefeitura divulgou um curso gratuito de noções básicas da Língua Brasileira de Sinais (Libras). A proposta do curso, mesmo tendo um viés turístico, pode ser aproveitada por qualquer cidadão que deseje ampliar as formas de se conectar com as pessoas, especialmente aquelas com deficiência auditiva. As inscrições do curso, inclusive, seguem abertas até o dia 30 de junho.

“Hoje, aprender Libras é fundamental para o desenvolvimento no aspecto social e emocional, não apenas do deficiente auditivo, mas também de todos que fazem parte do seu convívio. É, também, uma forma de evoluir pessoalmente e profissionalmente, fazendo com que a sociedade seja mais inclusiva e dando mais oportunidades para as pessoas surdas”, ressalta José Hamilton Pimentel, que é professor das oficinas de Libras e matemática do Centro de Atendimento Multifuncional de Tucano (CAMUT).

Programas de rádio

Em Tucano, os programas de rádio ainda são bastante valorizados, quando o objetivo é chegar até as áreas mais remotas do município. A Secretaria Municipal de Educação, desde abril, vem utilizando o canal como apoio para execução do programa de ensino elaborado frente à da pandemia, em que as aulas presenciais estão suspensas. O Vozes da Educação é transmitido de segunda à sexta-feira, na Tucano FM, a partir das 17h.

A Secretaria Municipal de Turismo, Desenvolvimento Econômico e Cultura e a Secretaria Municipal de Comunicação também estão investindo no veículo. No último sábado, dois novos programas estrearam, respectivamente, com foco na valorização cultural e no fomento das ações realizadas na cidade de forma leve e descontraída. O TUCS no Ar e o Blitz do Sertão são transmitidos aos sábados, entre a programação das 07h às 09h na Tucano FM.

“Enquanto profissional da comunicação, mais do que informar, sinto a necessidade de fazer com que meu trabalho produza efeitos significativos na vida das pessoas. Em relação à atual gestão municipal, percebo uma preocupação em promover uma comunicação uníssona, mantendo abertura para a mídia local e procurando sempre sanar qualquer ruído que possa surgir entre o poder público e a sociedade” diz a radialista Ana Maria Oliveira.

Ela completa que, na cidade, o rádio ainda é o meio de comunicação mais democrático. “É o veículo está mais próximo das pessoas, principalmente de quem vive na zona rural. As pessoas não precisam parar seus afazeres para ouvir. Aqui em Tucano ele faz parte do cotidiano de grande parte da população”, considera.

Comentários está desativados.