A Prefeitura de Tucano publicou, na última quinta-feira (11), o Decreto Municipal nº 143/2021, com novas orientações sobre as medidas restritivas adotadas em combate à pandemia. O documento veta o funcionamento do comércio não essencial entre as 18h de hoje e as 05h de segunda-feira (15), em toda a cidade.

A venda de bebidas alcoólicas também está suspensa neste período, conforme as diretrizes do Decreto Estadual nº 20.286. Os banhos públicos nas praças de Caldas do Jorro e Jorrinho não sofreram alteração e seguem vetados até 15 de março.

O decreto autoriza apenas a operação dos serviços essenciais, em especial as atividades relacionadas à saúde, comercialização de gêneros alimentícios, medicamentos e alimentos veterinários, segurança, transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde.

Obras em hospitais e a construção de unidades de saúde, assim como o funcionamento dos postos de combustíveis, estão liberados desde que obedecidos os protocolos sanitários. A Vigilância Sanitária, Setor de Tributos, Guarda Civil Municipal e Polícia Militar farão a fiscalização para que as medidas do decreto sejam respeitadas.

O Prefeito de Tucano, Ricardo Maia Filho, conta que, por enquanto, as medidas são necessárias devido à situação que o município – e toda a Bahia – está enfrentando. “O momento ainda é crítico e os índices ainda preocupam. Entendo que a suspensão das atividades do comércio não essencial interfere na renda e rotina de muitas famílias, mas precisamos nos unir na luta contra a pandemia. A vida dos tucanenses estará sempre em primeiro lugar”, reitera.

Desde o início da pandemia, Tucano registrou 1.503 casos positivos da Covid-19, tendo ocorrido 23 óbitos – conforme o último boletim divulgado na página exclusiva sobre a situação da doença na cidade. Atualmente, 100% dos leitos de UTI da UPA Covid-19 em Caldas do Jorro estão ocupados.

Comentários está desativados.