Na construção de um futuro melhor e com mais oportunidades, a participação infantojuvenil é fundamental. Para concretizar esse envolvimento e incentivar que os adolescentes tucanenses contribuam com novas ideias e perspectivas, Tucano aprovou o Comitê Permanente de Adolescentes (CPA) durante a última reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), em 29 de abril.

“Somos o primeiro município na região a aprovar o CPA. Isso significa que estamos valorizando o protagonismo dos nossos jovens, escutando suas sugestões para o fortalecimento de projetos e políticas públicas” afirma o prefeito da cidade, Ricardo Maia Filho.

Para o presidente do CMDCA, Ricardo Luiz de Assis, a iniciativa é inspiradora e pode fortalecer uma rede de ações importantes para a população da região sisaleira. “Acreditamos que outros municípios próximos também podem instituir o CPA e trazer seus jovens para mais perto das decisões que também impactarão em suas vidas. Tucano está de parabéns e seguiremos atuando ativamente para fortalecer esses espaços democráticos”, diz ele.

O Comitê será formado por 15 adolescentes entre 12 e 17 anos. Eles serão escolhidos, através de processo seletivo, que será apreciado na próxima sessão ordinária do CMDCA, seguindo os critérios da Resolução nº 04/2021. A forma de seleção dos jovens ainda está sendo definida pelo Conselho e será divulgada em breve, com demais orientações.

Campanha contra a exploração e abuso sexual infantil

Na última reunião do CMDCA, também foi abordada a campanha contra a exploração e abuso sexual infantil, que será realizada durante o mês de maio. “O dia nacional da campanha é 18 deste mês, mas realizaremos diferentes ações em outras datas para reforçar a importância e necessidade de falarmos sobre esses assuntos e acolhermos as vítimas”, afirma a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

A campanha tem como principal objetivo promover ações de sensibilização, articulação e mobilização social para combater a incidência dos casos de abuso e exploração sexual de menores no município.

Comentários está desativados.